Centenário do Instituto Superior Técnico

As 100 primeiras disciplinas e os 100 primeiros alunos no IST

As 100 primeiras disciplinas e os 100 primeiros alunos no IST

Invocar a propósito do seu centenário as 100 primeiras disciplinas leccionadas e os primeiros 100 alunos do IST, é uma forma de forte simbolismo que procura referenciar uma Escola de elevado prestígio, cujos resultados se traduzem na formação de engenheiros de alta qualidade.

Desde a sua fundação, o Técnico não parou de crescer, estabelecendo padrões e metas muito elevadas. Não podemos dissociar esta realidade dos grandes homens que fizeram a nossa Escola. Personalidades como Alfredo Bensaude ou Duarte Pacheco, figuras incontornáveis do nosso país, contribuíram para que o Técnico não perca a matriz de exigência e ambição que marcou de forma indelével o seu futuro, fazendo com que no século XXI, a Escola invista numa oferta formativa que desenvolve e ultrapassa as fronteiras da Engenharia. Áreas científicas como a Arquitectura, a Biomédica, a Bioengenharia, entre muitas outras, constituem actualmente a oferta de ensino do IST.

Olhando a evolução histórica de uma Escola que começou por apostar exclusivamente nas Engenharias, é sem dúvida um exercício interessante analisar como nasceram as primeiras disciplinas no Técnico e quais foram os 100 primeiros alunos a frequentar o IST, comparando curricula e perfis de alunos.

Uma base sólida de formação é essencial em qualquer percurso individual, o qual tem naturalmente um impacto social relevante. Impõem-se assim algumas interrogações; Qual o ponto de partida científico que fundou os primeiros anos de vida do IST? Quem foram os primeiros 100 alunos a beneficiar dessa formação?

  1. Há 100 anos eram estas as disciplinas que o IST oferecia aos seus alunos [PDF, 16KB]

  2. Há 100 anos foram estes os primeiros a ingressar na nossa Escola [PDF, 20KB]